O que é Marketing |Veja aqui

O Marketing está presente em todas as relações que envolvem negócios e pessoas. Seja em âmbito pessoal ou profissional, de alguma forma, estamos envolvidos com ele no nosso dia a dia.

Desde que o mundo é mundo que as relações de comércio acontecem de maneira bilateral, isto é, se desenvolvem a partir da relação entre comércio e consumidor.

Veja Também: Hinode Perfumaria: Perfumes Importados e Cosméticos Direto da Fábrica




 

Mas o que todos nós sabemos, e que não é novidade para ninguém, é que por trás dessa relação de mercado existe o fabricante (vendedor, distribuidor), que é quem possui o maior interesse em ver o produto com valor agregado e com alto poder de aceitação no mercado.

Para alcançar esses resultados, a atividade a ser desenvolvida é uma ação orquestrada elaborada por profissionais que assumem o compromisso de fazer o que de melhor lhes é possível acerca do produto em questão. É a isso que costumeiramente damos o nome de “marketing”.

Se você tem o interesse de descobrir mais sobre o assunto e acumular mais conhecimentos sobre o marketing e suas implicações nas relações de comércio, se dedique à leitura desse artigo. Tenho informações preciosas para lhe dar. Confira!

Leia também: Como o marketing digital aumenta a sua notoriedade

O que é e como funciona o Marketing

1 – O marketing é fruto de um grande projeto

Não se engane com a ideia de que um plano de marketing tenha início súbito, como costumamos pensar quando o vemos estourar nos mais diversos meios de comunicação.

Ele nasce como o desdobramento de muito esforço feito no sentido de promover um determinado produto ou uma marca em todos os aspectos possíveis e necessários para dar-lhe competitividade no mercado, o que pode representar o crescimento pleno do produto e que maximiza as possibilidades de lucro.

Mas para isso é necessário, claro, um projeto bem feito e que aconteça de maneira ordenada, sempre respeitando aquilo que foi definido anteriormente.

2 – O sucesso da marca

A possibilidade de lucro a que nos referimos é exatamente o que em marketing damos o nome de “sucesso da marca”. Esse é um objetivo perseguido por todos os que lançam um (ou mais) produtos no mercado, mas é alcançado somente por aqueles que conseguem dar visibilidade ao seu produto.

As ações de marketing preveem em seus projetos a necessidade de emplacar o sucesso da marca como principal objetivo a ser alcançado.

3 – Não basta ter qualidade

Não é preciso guardar segredo quanto a isso porque na verdade é essa a realidade do mercado que é profundamente reforçada pelos consumidores.

As pessoas têm costume de consumir mais pela marca que pela qualidade do produto. Ter qualidade não surte o mesmo resultado quanto ter um marketing forte, que seja capaz de provocar a pessoa e leva-la ao consumo.

Isso é o que podemos exemplificar ao falar, por exemplo, sobre a “Coca Cola” e os demais refrigerantes disponíveis no mercado.

Todo mundo sabe que a “Coca Cola” é um dos refrigerantes que mais fazem mal à saúde (na verdade, todos fazem), mas em contrapartida é o mais consumido em todo o mundo.

Isso porque ela alia a qualidade do sabor, que realmente é excelente, com um trabalho de marketing violentíssimo, que faz com que o consumidor sempre sinta o desejo de consumir mais do produto.

Trata-se de uma marca tão consolidada que nem mesmo o escândalo dos ratos nas embalagens foi suficiente para sequer abalar a hegemonia. Pelo contrário: se olharmos a partir de outra ótica, a empresa utilizou isso para fomentar seu marketing pessoal.

Através da crise, ela se fortaleceu porque conseguiu fazer seus consumidores acreditarem que havia ocorrido um erro pontual que seria severamente verificado e seus causadores, exemplarmente punidos.

01 - Marketing1

Não vou entrar no mérito de emitir juízo de valor sobre a situação, mas o que gostaria de deixar claro é que ali aconteceu uma jogada de marketing que deu certo. A empresa soube utilizar a dificuldade para crescer ainda mais. Isso é marketing.

4 – Profissionais que atuam na área de marketing

Os profissionais que atuam no seguimento de marketing devem ser formados na área a fim de desenvolverem um trabalho de excelência. É claro que podem haver pessoas na equipe que atuem como auxiliares e que naturalmente não precisam ter formação específica.

É interessante, no entanto, que procurem conhecer a área de atuação para desenvolverem habilidades e competências que possam de alguma maneira contribuir para o bom andamento do trabalho deixado à sua responsabilidade.

5 – O marketing é uma “estrutura viva”

01 - Marketing2

Essa é uma excelente definição para o termo. O marketing é uma estrutura viva. Isso porque ele deve ser visto como algo mutável, que se movimenta e se transforma de acordo com o tempo e com a necessidade que o envolve.

É uma estrutura porque jamais pode perder sua característica de regra das ações e das atitudes a serem tomadas. Não há, portanto, uma fórmula mágica e nem uma receita pronta. O que há é um objetivo a ser alcançado e que deve ser obtido, custe o que custar.

Nessa área de trabalho, o ensinamento de Maquiavel (Os fins justificam os meios) é verdadeiro e latente.

Leia também: O que é marketing digital 

O marketing é uma ferramenta bastante utilizada para promover produtos e para transformar em sucesso o que estava falido.



Adicione um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

como-ser-diamante-na-hinode